Medidores de Umidade Grãos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Os medidores de umidade de grãos são utilizados para quantificar a água presente em grãos, ou seja, medem o percentual da relação entre a quantidade de água e a massa total da amostra (% U).

A medição de umidade dos grãos é importante para garantia de qualidade do produto e é, principalmente, aplicada no segmento agrícola como forma de avaliar comercialmente grãos, como feijão, arroz, café, milho e soja. No armazenamento, a umidade é um fator importante no controle de perdas dos grãos armazenados. Já nas indústrias de alimentos é necessário um teor de umidade adequado para produção. Exemplos: rações e farinhas.

Os grãos, assim como outros produtos agrícolas, são comercializados em unidade de peso. Portanto, a quantidade de umidade presente no grão pode afetar seu peso e, consequentemente, o seu valor comercial. Assim, é de fundamental importância conhecer o teor de umidade dos grãos em cada uma das etapas do processo produtivo: desde a colheita, secagem, armazenamento, comercialização e industrialização.

Segundo a Conab o Brasil deverá ter produção recorde de grãos na safra 2019/2020, aumentando o comércio e exportação de grãos. A umidade é um dos principais fatores que impactam na formação de preços de transações comerciais de grãos. Por isso, um equipamento fora dos padrões pode impactar negativamente, devido o volume nas transações.

Buscando aumentar a confiança nas medições de umidade de grãos, o Inmetro publicou, em 15 de agosto de 2013, a portaria nº 402, que define os requisitos mínimos necessários que os medidores de umidade de grãos utilizados em transações comerciais devem ter.

Como funcionam os Medidores de Umidade de Grãos?

Para avaliar comercialmente os grãos, mede-se a umidade da amostra, sendo a massa de água contida na massa original de uma amostra (%). Os medidores possuem registrado em sua eletrônica diversas curvas de umidade que foram obtidas através de ensaios onde ocorre o aquecimento de uma amostra de grãos de massa conhecida, por um tempo e temperatura pré-definidos. Após o aquecimento a massa perdida é calculada obtendo-se a quantidade de água que estava presente na amostra.

A partir de vários ensaios realizados por laboratórios credenciados ao Inmetro como a Gehaka, com amostras colhidas de diversas regiões de plantio.São criadas escalas de medida específicas para cada tipo de produto e essas curvas são transferidas para os equipamentos. As curvas são facilmente identificadas pelo nome usual do produto.

Os equipamentos de medição de umidade, tanto portátil quanto o de bancada (Método indireto não destrutivo) possuem uma câmara onde ocorre a passagem dos grãos e através de capacímetro é medido a constante dielétrica dos grãos inserido no equipamento, essa constante é proporcional a umidade.

Quais fatores influenciam na Umidade de Grãos?

  • Peso da amostra: o medidor de umidade de grãos portátil da Gehaka possuem uma balança acoplada na lateral do seu equipamentos, já os de bancada possuem a balança incorporada no equipamento
  • Temperatura: os medidores possuem também sensores de temperatura, com o intuito de realizar com maior precisão a leitura da umidade.
  • Tipo de Grão: o tamanho do grão também afeta a qualidade do teste. O milho é um exemplo de um cereal difícil de ser medido, devido o seu tamanho e forma irregular

Quais os métodos de leitura de umidade de grãos?

  • Método indireto não destrutivo (Modelo Portátil e de Bancada)
  • Método direto destrutivo (Modelo por Destilação, Estufa…).

Conheça alguns dos modelos pelo método mais rápido de leitura (Não destrutivo):

Medidor de Umidade Portátil
Medidor de Umidade de Bancada

Onde os medidores de umidade grãos são utilizados?

Na cadeia produtiva de grãos a análise da umidade é de fundamental importância para assegurar a qualidade dos grãos, sendo essencial em várias etapas operacionais como colheita, armazenamento, processabilidade e vida útil.

Se a % de umidade do grão estiver fora do padrão, posteriormente, pode representar a deterioração dos grãos armazenado e até mesmo prejuízo para o negócio, já que pequenas variações no teor de umidade são comercialmente intoleráveis.

Alguns setores que utilizam o medidor de umidade de grãos:

– Silos
– Empresas de transporte de grãos
– Armazenamento Portuário
– Laboratórios de Pesquisas
– Indústrias de Alimentos

Modelos de medidores de umidade de grãos

Em parceria com a Gehaka há mais de 20 anos, a Alfa Mare trabalha com os modelos de Bancada, Portátil e por Destilação

Medidor de umidade de grãos aprovados pelo Inmetro

Em 15 de agosto de 2013 o Inmetro publicou a Portaria nº 402, que aprova o Regulamento Técnico Metrológico (RTM). A portaria estabelece os requisitos que devem ser atendidos pelos medidores de umidade de grãos utilizados em transações comerciais para implantação do controle metrológico legal.

Assim, e de acordo com as disposições gerais: os medidores de umidade de grãos utilizados nas transações comerciais e na fiscalização por parte dos órgãos competentes, fabricados no Brasil, bem como os importados devem atender às exigências constantes do presente RTM. (Link http://www.inmetro.gov.br/legislacao/rtac/pdf/RTAC002013.pdf)

Os modelos com portaria aprovada no Inmetro fornecidos pela Alfa Mare são o Medidor de Umidade de Grãos G1000 e o Medidor de Umidade de grãos G2000.

Medidores de umidade de grãos de bancada

Os medidores de umidade de grãos de bancada fornecidos pela Alfa Mare são de alta precisão e rápidos. Seu funcionamento simples e com display digital facilita o manuseio do equipamento.

Os modelos de bancadas fornecem uma leitura completa em poucos segundos sem a dependência do operador.

A pesagem prévia da amostra de grãos não é necessária e a compensação da temperatura é feita de forma automática.

Equipamento ideal para quem movimenta grandes volumes de grãos.

Medidor de umidade de grãos portátil

O medidor de umidade de grãos portátil é de fácil utilização e fornece uma leitura precisa da umidade dos grãos, pois possui a balança incorporada. Dessa forma, não existe a necessidade da pesagem externa da amostra, as correções de temperatura, e peso são executadas automaticamente, sem o uso de nenhum outro recurso, nem tabelas adicionais.

Portátil e adaptável à rede de energia o medidor de umidade portátil funciona com bateria ou com adaptador conectado à energia elétrica.

Assim, com uma simples operação é possível fazer a medida no instrumento e fazer sua configuração de forma rápida sem exigir um longo treinamento do usuário.

Medidor de umidade de grãos portátil tipo copo

O medidor de umidade portátil (tipo copo) de campo, a princípio foi idealizado para o dia a dia do produtor rural. Pequeno e leve, o aparelho pode ser utilizado a qualquer hora e em qualquer lugar, dispensando o uso de balança.

Sua operação é extremamente simples, bastando selecionar o tipo de grão que vai ser medido, encher a caneca e fazer a leitura. Isso não leva mais que 20 segundos.

Medidor de umidade por destilação

O princípio do funcionamento do medidor de umidade por destilação está baseado no sistema Brown-Duvell, que consiste no aquecimento da amostra imersa em óleo, até uma temperatura bem definida e conhecida.

Dessa maneira, como resultado do aquecimento, a água livre contida no cereal começa evaporar e esse vapor é recolhido e condensado através de um resfriador (condensador).

É um aparelho com uma estrutura compacta e resistente ao uso contínuo, portanto pode ser utilizado tanto no laboratório como na indústria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redes sociais
Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades e promoções!
Últimos Posts

Cadastre-se para receber nossa newsletter!

Entre em contato conosco!

Nosso contato é sem compromisso. Você só vai se tornar nosso cliente quando tiver certeza de que somos a melhor opção para a sua empresa.

Conheça nossa linha de Produtos!